pois…

ontem a conversa com as minhas amigasa estavamos a falar daqueles casais que fazem tudo sempre juntos, vão para todo o lado juntos, festas,ferias.. tudo! Deixam os amigos para tras por vezes, e dedicam-se um ao outro. E uma delas comentou:

A: Eu não conseguia estar sempre com ele, porque queria o espaço só para mim e só para os meus amigos. Havia tempo para tudo.

e eu respondi:
então e se passasses quase todo o tempo com ele, mesmo que gostasses de estar com ele, e passassem imenso tempo juntos? todos os dias a toda a hora, todas as ferias, fizessem sempre  mesmo?! 
-A: eu dizia-lhe que queria espaço, que para mim não dava!
Eu: e se ele não aceitasse que havia rotina, que não podiam passar tanto tempo juntos?
A: para mim não dava…!
Eu: e se mesmo assim gostasses dele?
A: não sei, mas era mais certo não dar e acabar
E eu, com um tom meio triste na voz respondi: 

Pois…!! 

eu definia a minha relação como perfeita, mas o tempo a destruiu.

Fiz tudo o que estava ao meu alcance para poder ser feliz. Chegou um dia que não havia mais nada a fazer. A felicidade acabou.

a vida te irá dar experiencia ao longo dela, principalmente do que é o amor.

Não me arrependo de nada. Sinto que o nosso amor foi completo, muito completo. Houve muita paixão, muito carinho, muita atenção, compreensão, afectividade. Sim eu fui feliz, alias muito feliz. Vivi intensamente tudo, cada momento, cada emoção, cada dia a teu lado eu vivi intensamente  e fui feliz. Senti-me completa, senti-me única, senti-me cheia de amor. Mas no final de contas, o que é o amor se não é correspondido? 

a vida continua, não é um pesadelo que vai te atrapalhar.